sábado, agosto 22, 2009

No Reino do Absurdo

18 Ago 09 - 10h15m

A FOTO mostra uma equipa da Polícia Municipal em acção na Rua dos Douradores, em Lisboa. A carrinha está parada, e à direita vê-se a agente encarregada de colocar bloqueadores.

Pergunta com prémio (*): em que consistiu a acção policial nos instantes seguintes?
(*) O prémio será o volume 3 de «Mistérios de Lisboa», de Camilo Castelo Branco.

Actualização: julgo que se pode dar o passatempo por terminado. No entanto, colocam-se, no comentário 11 (das 10h45m), algumas questões adicionais.

15 comentários:

Anónimo disse...

Nos instantes seguintes, a Polícia Municipal foi a correr comunicar a situação ao Zé que faz falta.

Joana Luz disse...

A agente esteve a conferir os carros que tinham o distico de residente.... assim bloqueava o carro de matricula estrangeira (estacionado num lugar de deficiente com outra matricula) e todos os que estivessem indevidamente no parque destinado a residentes.

Anónimo disse...

Tratando-se da Rua dos Douradores, os agentes foram mas é tratar das alianças para o casamento...

Mg disse...

Multa um dos carros (mas não o de matrícula estrangeira) e segue a sua vidinha...

Carlos Medina Ribeiro disse...

Já apareceram boas aproximações...

Mariz disse...

A agente despistou-se e colocou o bloqueador no sinal.

dana_treller disse...

Para além de multar e bloquear os carros estacionados que não têm dístico de residente, aposto que bloqueou a carrinha que está a impedir o trânsito, e assim ficou até que o reboque a viesse buscar!

nunormg disse...

Foi chamada para bloquear um carro que estava num lugar para deficientes. Como se deparou com uma matrícula estrangeira ignorou a ordem. E assim demonstramos que somos um país hospitaleiro!

Sombe disse...

A ver se é desta que acerto.

A agente reparou que não dispunham de bloqueadores pelo que a PM se dirigiu à Loja do Chinês para adquiri-los.

Mg disse...

Bloqueou um dos carros, sim senhor!, mas não o de matrícula amarela, que isso é pecado!

Depois, seguiu a sua vidinha...

Carlos Medina Ribeiro disse...

A resposta de Joana Luz tem uma parte correcta:

«A agente esteve a conferir os carros que tinham o dístico de residente... (...) assim bloqueava (...) todos os que estivessem indevidamente no parque destinado a residentes»
--

A resposta de Mg está, também, em parte correcta:

«Multa (...) carros (mas não o de matrícula estrangeira)»

=============

Acho que o passatempo pode então ser dado por terminado, sendo o prémio repartido por ambos, porque:

Na realidade, a brigada multou TODOS os carros que não tinham dístico de "residente" (não foi só um) e deixou em paz o carro estrangeiro.

Algumas notas sobre o assunto (que deixo à consideração):

1 - O CM noticiava ontem «Polícia perdoa a estrangeiros».

2 - Dado que os dísticos de "residente" são passados pela EMEL, não devia ser essa empresa a fazer esse trabalho, em vez da P. Municipal? É que, pouco depois, vi carros, carrinhas e motos estacionados em faixas BUS e em cima do passeio, um "tema" que - esse sim - me parece mais apropriado para a P. Municipal.

Carlos Medina Ribeiro disse...

Dana,

A carrinha branca que se vê é a da Polícia Municipal, que está a actuar.

dana_treller disse...

Não sei como se processam estas coisas, mas julgo que a Emel sinaliza as transgressões e a polícia bloqueia...

Carlos Medina Ribeiro disse...

Dana,

Não.

Quer a EMEL, quer a PSP, quer a P. M, podem fazer tudo:
multar, bloquear e rebocar.

No caso da foto, e tratando-se apenas da verificação dos dísticos passados pela EMEL, devia ser esta a actuar, libertando a PM para outras tarefas (como, p. ex., tratar do carro estacionado no local para deficientes).

Carlos Medina Ribeiro disse...

Atrás digo que a PM "multou".
Na realidade, fez mais do que isso: "bloqueou".