quarta-feira, agosto 18, 2010

Com pára-sol... no Reino das Leis da Treta

Gozando com o pagode em plena Av. Almirante Reis:
Os que fazem e os que deixam fazer estão bem uns para os outros
Entrada principal do M. N. Arte Antiga completamente bloqueada com carros.
Se houver um incêndio, logo se vê...

.
ANTÓNIO Costa é, com frequência, referido como sucessor de José Sócrates. Ora, tendo em conta que estas e outras cenas semelhantes são o dia-a-dia de Lisboa, a ideia de um dia o termos à frente do país é, pelo menos para mim, pura e simplesmente assustadora!

3 comentários:

Anónimo disse...

E aquele senhor que ontem foi dar uma entrevista a Ana Lourenço também espero que não seja sucessor de ninguém.

PS- Abro uma excepção para o presidente da câmara municipal da Figueira da Foz, a quem não me importo nada que suceda. Até gostava.

Carlos Medina Ribeiro disse...

No fim de contas, os lisboetas têm o que merecem, e só me faz confusão quando discutem se será melhor a esquerda ou a direita!

Há alguma diferença entre o que se passava com Santana/Carmona e o que se passa com António Costa?

Eu moro em Lisboa há 60 anos, e não noto nenhuma, pelo menos no que toca aos problemas reais e concretos que infernizam a vida dos munícipes (e que não é preciso enumerar).

Luis Serpa disse...

Partilho inteiramente o seu receio, caro Carlos Medina Carreira. sobretudo sabendo que o senhor não é de todo burro e provavelmente esta é a estratégia que lhe dará mais votos.