segunda-feira, outubro 18, 2010

Barómetro ACA-M da Mobilidade em Lisboa-OUTUBRO

POSITIVO
Parking Day
A Abraço celebrou este ano o Park(ing) Day na cidade.
Anualmente, cidadãos de mais de uma centena de cidades mundiais ocupam lugares de estacionamento, transformando-os em pequenos parques por um dia. Acontece que a Abraço e a Câmara Municipal de Lisboa – que apoiou a iniciativa – celebraram sozinhas, porque os lisboetas faltaram. E, na verdade, porque haviam de prestar-se a serem figurantes numa acção em que a “cidadania” abraça o poder político, com o resultado paradoxal de a CML se pôr a reclamar de si própria “a necessidade premente de ter mais espaços alusivos à natureza numa cidade de betão”? Uma versão portuguesa do Park(ing) Day é uma boa ideia a que já só faltam as qualidades.

NEGATIVO
Death Race 2010
O Automóvel Clube de Portugal, que existe para “facilitar o automobilismo”, promoveu, em colaboração com os municípios do Porto e de Lisboa, uma campanha chamada “Atenção, todos somos peões”. O seu presidente, Carlos Barbosa, naturalmente obrigado a cumprir os estatutos do ACP, censura os peões porque estes “atiram-se para as passadeiras como se fosse um direito adquirido”, dificultando de forma intolerável o “automobilismo” nas cidades. Como a campanha integrou o programa de actividades da SemanaEuropeia da Mobilidade em Lisboa, valeria a pena saber-se se a CML cauciona esta declaração – publicitada pela generalidade da imprensa como aspecto fundamental da pedagogia da campanha – ou se foi o bom-senso que se atirou para cima da passadeira quando os parceiros passavam com pressa de salvar peões.



JORNAL DE LISBOA SETEMBRO AQUI:
JdL#33
JdL#33.pdf
Hosted by eSnips

4 comentários:

Julio Amorim disse...

O sr. Barbosa nunca terá viajado...ou recebe assim tanto para vomitar tolices deste calibre?

E sinceramente....dar olhos ou ouvidos a gente de cavernas em pleno séc. XXI !?

Luis Serpa disse...

Dia do estacionamento e Corrida da morte seriam assim tão incompreensíveis?

Anónimo disse...

Havia automóveis no tempo do homem das cavernas?!

Julio Amorim disse...

Claro....nunca viu os "Flintstones" ?