terça-feira, outubro 28, 2008

Grande prémio «Leis da Treta»


Poucos metros separam os locais destas duas fotos (tiradas há um par de dias com alguns segundos de intervalo), que documentam uma cena habitual nesta esquina:
Lugares vagos com fartura (por vezes gratuitos), carros em cima do passeio, impunidade - misteriosamete... - garantida

CHAMA-SE A ATENÇÃO dos interessados para que, até às 24h do dia 31 p.f., ainda podem concorrer ao passatempo Grande Prémio Leis da Treta.
O prémio será, como habitualmente, um almoço de lagosta (oferta de uma das vítimas desta situação) para o primeiro leitor que, em cada mês, enviar uma foto de um carro - um único! - a ser rebocado de cima do passeio desta esquina da Av. de Roma. O restaurante será à escolha do vencedor (*).
..
NOTA-1: O presente passatempo existe desde Maio deste ano, e o prémio nunca foi reclamado. Por isso, e para que não me acusem de que lanço um desafio impossível, baixo hoje mesmo a exigência: além do prémio do almoço de lagosta (que se mantém), ofereço um outro, nos mesmos moldes mensais: um lanche (em local à escolha do vencedor e sem limite de preço) ao autor de uma foto que testemunhe um bloqueio de um desses carros estacionados em cima do passeio (**).
.
NOTA-2: Podem concorrer funcionários e agentes da EMEL, da Polícia Municipal, da DT da PSP - bem como responsáveis autárquicos (presentes e passados) pelo estacionamento na capital. De um modo geral, são bem-vindos a este passatempo todos os que, por acção ou omissão, têm dado- e decerto continuarão a dar - o melhor do seu esforço para que estas cenas existam e se perpetuem.
.
NOTA-3: Os prémios serão atribuídos aos autores das primeiras fotos de cada mês.
.
NOTA-4: O passatempo só termina no dia das eleições autárquicas de 2009, uma boa altura para se tirarem conclusões acerca do grau de cumprimento das promessas feitas, oportun(istic)amente, acerca deste tema.
.
NOTA-5: Estes passatempos vão ser alargados, em breve, a outros locais "nobres" de Lisboa. Para esses, o prémio será em dinheiro (notas de €10 a €100!)! Esteja atento, leitor, e BOA SORTE (que bem precisará...)
-
(*) A foto deverá ser enviada para medinaribeiro@iol.pt, indicando hora e data, e mostrando o reboque a actuar. Deverá ser possível, também, identificar o local sem margem para dúvidas.
(**) Neste caso, a foto deverá mostrar o bloqueador já aplicado.

5 comentários:

Anónimo disse...

O CMR oferece 1 almoço de lagosta SE HOUVER uma repressão decente.

E alguém, por aqueles lados, oferecer 2 almoços de lagosta em troca de NÃO HOUVER essa repressão?

Quem é que acha que "vence"?

O que ali se passa, em termos de "fechar de olhos", já é mais do que uma vergonha, é altamente suspeito.

Kruzes Kanhoto disse...

O lugar em cima do passeio é muito mais perto do local de destino! Pelo menos 5 ou 6 metros...

Carlos Medina Ribeiro disse...

Eu, dantes, interrogava-me porque é que esta gente arriscava o pagamento de uma multa grande quando o preço do estacionamento é de 25 cêntimos por 15 minutos.

A resposta é simples:

É que essa gente não arrisca NADA.

Moro ali há 55 anos, e até hoje apenas vi passar um par de multas.
Bloqueios vi um, e reboques... ZERO.

AR disse...

Mas que raio! Ou o browser não me abre as fotos todas, ou vocês estão a implicar com o fiat punto branco que tem as rodas da frente e o nariz em cima do passeio!
Bem, se é com esse estão a ser mais papistas que o papa porque não incomoda nada!
Quanto ao estacionamento pago nunca ninguém devia pagar nada por algo que sempre foi de borla!
Arranjem vida!

Carlos Medina Ribeiro disse...

O problema é que são multados, bloqueados (e até rebocados) os carros que, estando bem estacionados, não têm o pagamento regularizado.

Os que estão em cima do passeio são tolerados.