quarta-feira, dezembro 10, 2008

A CIDADE DO LIXO

Passados os números mediáticos e inconsequentes de António Costa sobre a limpeza da cidade, que, aliás, recebeu porca como nunca, vem a dura realidade. Lisboa continua a ser uma cidade suja. Exactamente como os livros de viagem sempre a retrataram desde há séculos. Nem no século XXI a civilização chega a Lisboa na sua versão mais óbvia: a higiene.

(publicado no Tomar Partido)

4 comentários:

Anónimo disse...

"continua"? Alto lá! Conheci Lisboa bem limpa e ainda não sou velho. E lembro-me do bom que era e sim, de cheirar bem.
Minha querida Lisboa...

Anónimo disse...

O insigne presidente da câmara que há já teve a oportunidade de informar devidamente os munícipes de que não pode fazer nada.

E se ele não pode fazer nada para além de aguardar o fim da greve, quem poderá? Sem, quem poderá? Assim de repente, só Nossa Senhora de Fátima.

(errata) disse...

(sim e não sem)

Anónimo disse...

O António Costa é muito "parado", sem ideias nem golpe de asa para atacar os problemas da cidade. Basta!