quinta-feira, dezembro 11, 2008

LISBOA VISTA DE ESPANHA

"Son muchas las veces que se han escrito guías para conocer Lisboa, la capital más occidental de Europa, esa ciudad que llegó a ser dueña de un imperio. Esa Lisboa ahora decadente, de paredes agrietadas y casas vacías. Esa Baixa lisboeta en la que en la década de los 20, Fernando Pessoa, el mayor poeta de la lengua portuguesa, y todos los heterónimos que llevaba dentro, paseaban por las calles entonces llenas de otra vida."

La Lisboa de Fernando Pessoa, no El Mundo.

3 comentários:

Luis Serpa disse...

Infelizmente não é só vista de Espanha. Vista daqui é a mesma coisa, ou pior, porque nós percorremos mais ruas mais vezes.

Anónimo disse...

A crítica até me parece meiga.

Todas as cidades espanholas que conheço - mesmo secundárias - têm, por exemplo, uma vida e uma quantidade de gente nas ruas (e espaços acolhedores para as pessoas estarem e conviverem) que inexistem na pobre capital tuga.

de.puta.madre disse...

Es verdad.