quarta-feira, junho 04, 2008

Vistas do centro

Aquando da abertura do túnel do Marquês (Abril 2007) desafiei o proprietário do BIC LARANJA para o fotografar, assim como à envolvente .
As fotografias ficaram muito bem. Diria mais, as fotografias até melhoraram a paisagem inóspita de betão e alcatrão em que aquela zona foi transformada. A vocação desta cidade para a profusão de vias rápidas no seu interior, corre o risco de se tornar um clássico. Mas enfim. Voltemos à envolvente. Não sei bem como descrever o estado em que se encontra o edifício assinalado na fotografia (início da Av. Fontes Pereira de Melo), assim como o matagal à sua volta. À esquerda, o espaço verde aprumado contrasta com aquele edifício (creio que pertence ao Metropolitano) a precisar de pintura urgente e limpeza imediata da vegetação. Seria agradável que na próxima Feira do Livro eu pudesse colocar aqui uma fotografia diferente. Era bom sinal. Era sinal de que todos nos importamos.
Custaria muito dar dignidade a uma das principais vias da cidade? Que dizer de um dos pontos turísticos de maior atravessamento?


(Vistas da varanda do edífício do Metro em Junho de 2007. Não posso garantir se a situação se encontra na mesma, para melhor ou para pior)

Mais fotografias. Junho de 2007

(ISABEL G)

2 comentários:

Bic Laranja disse...

Também não sei se o matagal está na mesma. O que posso dozer-lhe é que em 2005 já a coisa andava assim.
Vamos esperar que tenha melhorado...
Cumpts.

Anónimo disse...

A saida da Antonio Augusto Aguiar continua fechada, e assim vai continuar por muito tempo, é que o Metro não arrisca um acidente de graves consequências, e como não se sabe quem irá pagar mais esta asneira da dupla Santana Carmona, o mais certo é aquela entrada ou (saida) se manter assim se calhar nas proximas decadas.....