quinta-feira, julho 03, 2008

Quem vai ser quem?

Não se sabe ainda quem vai ser quem nas próximas eleições para a Câmara de Lisboa, claro. Mesmo quem já tem uma ideia... anda caladinho que nem um Rato. Digo rato. No entanto, já há zunzuns. Mais pela negativa do que pela positiva. Exemplos:
- Sá Fernandes fica com o Bloco ou integra o PS?
- Barreto e Ribeiro Telles vão fazer o quê desta vez?
- O PS quer Sá Fernandes sem o Bloco para quê?
- Sócrates vai a votos nas legislativas?
- António Costa vai a votos em Lisboa ou no País?
- Marcos Perestrello assume Lisboa?
- Carmona Rodrigues insiste?
- Manuela FL dá-lhe a volta?
- Feist etc. vão fazer o quê?
- O PSD designa um elefante para Lisboa?
- Roseta vai a votos?
- Alegre faz o quê com o Bloco?
- O Bloco faz o quê com alegristas e sem Sá Fernandes?
- Pedro Soares quer Lisboa.
- A CDU mantém-se.

3 comentários:

CPL disse...

oh Zé Carlos, há aí uma pergunta que já foi respondida há uns tempos, mais precisamente, no dia 29 de Maio.
Roseta vai a votos, vai. Com um movimento Chamado Cidadãos por Lisboa.

Anónimo disse...

SE fosse na Marinha Grande o PCP não tinha problema, elegia um militante como o Barros Duarte, e depois dava-lhe um chuto no traseiro,quando já não lhe fizesse falta.

Em Lisboa o PCP vai apresentar os mesmos de sempre,vai ter é que justificar o que andou durantes estes quatro anos a fazer com o PSD nas juntas, em S. José já estoirou, em Campolide com este processo mesmo arquivado pelo tribunal de de contas, ainda vai haver muita polemica, e no fim a oposição do PCP não se tem visto, totalmente tapada pelo mediatismo oportunista da Helena Roseta.

E é ela que vai representar o grande perigo para o PCP em Lisboa, pois há muita gente que vota PCP, e começam a olhar para ela com outros olhos.

O PCP que se cuide....

Anónimo disse...

pois... infelizmente, a CDU mantém-se, quando o que necessita urgentemente é de renovar a alma e as ideias e deixar-se destes mexericos de taberna. Até agora, as intervenções da CDU não tem sido grande motivo de orgulho.

Pelo menos o seu arqui-inimigo ainda faz qualquer coisa. Algumas mal, é certo, outras bem. Mas prefiro isso à atitude CDU-iana: sentar-se na cadeira mofenta, esquecer-se da cidade, do PS, Carmonas e afins e passar anos a tentar fazer cair o Sá Fernandes do pedestal.